7-atividades-mais-importantes-de-uma-assessoria-de-imprensa

A assessoria de imprensa é exercida há mais de 100 anos e ainda hoje – claro, se atualizando com o passar dos anos – é uma das melhores formas de construir e manter a imagem e a reputação de uma empresa perante seu público.

Mesmo com tanta solidez, ela ainda gera dúvidas em algumas pessoas. Você é uma delas? Confira na lista abaixo as 7 atividades mais importantes de uma assessoria de imprensa e acabe com todas elas.

1. Planejamento estratégico

Consiste na elaboração de um planejamento de trabalho que, dentre outras coisas, inclui quais serão os veículos-alvo, quais serão as editorias escolhidas (moda, gastronomia, economia, saúde, etc.) e quais assuntos poderão ser enviados para a imprensa.

2. Fortalecimento da marca

A assessoria de imprensa escreve releases sobre temas que são de interesse para o seu negócio e dispara para um mailing com contatos de jornalistas. Ao ser citada como fonte ou referência de uma matéria, a empresa ganha com a exposição da sua marca e a credibilidade que somente um conteúdo jornalístico pode proporcionar, ao contrário de um espaço publicitário que pode ser comprado.

3. Follow up

Para assegurar que os releases enviados para um jornalista foram recebidos e aumentar a chance de que o assunto abordado seja divulgado, o assessor de imprensa deve ligar para os repórteres e editores e apresentar, de forma mais direta e pessoal, a pauta trabalhada.

4. Clipping

No clipping, ou clipagem, é produzido um relatório diário com tudo o que saiu na imprensa sobre a empresa assessorada, além de uma análise qualitativa e quantitativa com cada nota ou reportagem veiculada.

5. Atendimento à imprensa

A empresa pode virar notícia por diversos motivos e, como não é possível publicar tudo o que acontece, o assessor de imprensa tem seus critérios de noticiabilidade para decidir o que pode ou não virar matéria. Quando um repórter deseja entrevistar um profissional da empresa assessorada, cabe ao assessor atendê-lo, facilitar e intermediar o contato.

6. Media training

O profissional da empresa assessorada pode ser entrevistado por escrito, por telefone ou até mesmo ao vivo, no rádio ou na televisão. Desta forma, o assessor de imprensa é responsável por treinar os porta-vozes da companhia, como gerentes, diretores e encarregados mais requisitados para entrevistas, a fim de prepará-los para essas ocasiões.

7. Gerenciamento de crises

Cabe aos profissionais da assessoria de imprensa elaborar um plano de comunicação para momentos de crise. Adotar o tom errado perante o público pode tornar tudo muito pior. Além disso, o profissional capacitado sabe lidar com a exposição, podendo até mesmo reverter a situação com informações positivas sobre a empresa.

CTA_Gerenciamento_de_crise


© Press Comunicação, 2017. Todos os direitos reservados.