Brasileiro disputa prêmio no Voice Arts Awards, o “Oscar da dublagem”

O Voice Arts Awards, um das maiores premiações de dublagem do mundo, acontece em no dia 5 de novembro e tem um brasileiro disputando uma das principais categorias. A cerimonia homenageia os maiores talentos da indústria de voice-over, incluindo atores de voz, diretores, produtores, engenheiros de áudio e outras categorias. Entre os vencedores de edições anteriores estão nomes como Jon Hamm, Kate Winslet, James Earl Jones e Lena Dunham.

Nascido em Porto Alegre e criado em Belo Horizonte, o engenheiro de áudio Fred Oliveira está concorrendo ao prêmio de Melhor Engenheiro de Áudio pelo seu trabalho na versão espanhola da animação “Abduzidos”, da Turma da Mônica. O músico é o primeiro brasileiro a disputar nesta categoria. Fred reside nos Estados Unidos desde 2015, onde fixou-se após concluir o curso de Produção e Engenharia Musical na Berklee College of Music em Boston.

Em seu trabalho, destaca-se a produção e mixagem de diversos álbuns, como discos de  Harvey Mason (EUA), Miguel Mateos (Argentina) Eugenia León, Tania Libertad e Guadalupe Pineda (México) e o trabalho realizado com Roberto Carlos no emblemático estúdio Abbey Road, no CD e DVD “Primeira Fila”. No cinema, Fred atuou com a  mixagem de grandes filmes como “A Escolha” e “La La Land”. Seus trabalhos mais recentes com dublagem incluem a versão em japonês “Gypsy” e a versão alemã de “A Incrível Jessica James”, ambos grandes sucessos da Netflix.

A premiação acontece em uma noite de gala no dia 5 de novembro no Lincoln Center, em Nova York.

0 respostas

Deixe uma resposta

Want to join the discussion?
Feel free to contribute!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *